Rio Grande deve receber na tarde desta terça-feira, 19, o primeiro lote de doses da vacina contra o coronavírus

01/19/2021

01:22:14 PM

CORONAVIRUS


A quantidade de doses destinadas ao município ainda não foi informada pela 3ª Coordenadoria Regional de Saúde.  Na reunião realizada na manhã desta terça-feira com a 3ª C.R.S., a secretaria de Saúde do Rio Grande foi orientada a vacinar prioritariamente os profissionais que atendem pacientes infectados nos hospitais, nas enfermarias, no pronto atendimento Covid, nas Upas e nas unidades de triagem. Além destes, profissionais que atuam na investigação e coleta de amostras de laboratório também devem ser vacinados, bem como idosos com mais de 60 anos de idade portadores de alguma deficiência que estejam em Instituições de Longa Permanência e indígenas.

Mesmo sem ter a confirmação do numero de doses liberadas para Rio Grande, a secretária municipal de saúde, Zelionara Branco, estima que a vacina não será suficiente para imunizar metade dos profissionais de saúde da cidade. A vacinação ocorrerá exclusivamente nos locais de trabalho dos profissionais de saúde a primeira dose deve ser aplicada na manhã desta quarta-feira (20), afirmou a secretária.

O primeiro lote do imunizante produzido pelo Instituto Butantã em parceria com o laboratório chinês Sinovac chega à cidade por volta das 15h30. Uma equipe da secretaria vai a Pelotas buscar a vacina para aplicação em profissionais da saúde. Nesta fase da campanha alguns critérios foram estabelecidos para a vacinação quem teve covid só receberá a dose após 30 dias da recuperação da doença e quem teve contato com pessoa suspeita de estar contaminada ou que teve sintomas nos últimos 14 dias somente será vacinado 30 dias depois do contato ou da recuperação da doença.

O Ministério da Saúde destinou 12400 doses da vacina para serem distribuídas entre 22 municípios que fazem parte da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde.

Compartilhe