Assis Lilja fala sobre seus projetos para a prefeitura do RG

10/18/2020

05:17:49 PM

Eleições


A sexta-feira (17), no Programa Manhã Regional, foi marcada pela presença de mais um candidato a prefeito na cidade do Rio Grande. Na oportunidade, conforme sorteiro realizado com os representantes das coligações, o espaço foi concedido ao candidato Assis Lilja, do Partido Social Democrático na coligação COM TRABALHO E RESPEITO, O RIO GRANDE TEM JEITO Veja os pontos abordados em cada tema proposto:


SAÚDE

Sabemos que todas as áreas foram afetadas por conta da grave crise econômica, potencializada pela Covid-19. A saúde foi talvez uma das áreas mais afetada. Sabemos que precisamos implementar a gestão plena para termos mais autonomia. Vimos que cidades como Pelotas que já aderiram à gestão plena de saúde recebendo mais recursos e se estruturando melhor. A nossa proposta é dentro de um RG que é possível, sabemos que não tem como construir grandes hospitais, então precisamos estruturar nossos serviços, valorizar nossos profissionais em saúde não apenas nos salários, mas dando condições para desempenharem suas funções da melhor maneira possível. Ampliar horário de atendimento de alguns postos, entendemos que localidades distantes, como Torotama, precisam de um horário esticado, assim como nas vilas, entre elas a São Miguel.

Existem muitas famílias em vulnerabilidade, com dificuldades para se locomoverem até hospitais, UPAs e postos 24h. Também colocamos em nosso plano terapeutas para tratar como drogadição, precisamos contemplar muito o que escutamos de famílias, como as da Vila Santa Tereza. Memlhorar a Estratégia Saúde da Família para trabalhar melhor a prevenção. Quem pegar a prefeitura precisará reformula


EDUCAÇÃO

Temos consciência de que ela é a base de tudo, parte dela é a valorização dos nossos servidores. Essa pandeia afetou todas as áreas, como o calendário que precisa ser reorganizado com diálogo com a comunidade escolar. Nós queremos os servidores do nosso lado, não vamos tirar direitos, se não conseguirmos dar, nós queremos mantê-los. Criar um grupo técnico para a elaboração de uma política salarial de avanços até cegar ao piso nacional. Queremos utilizar o Fundeb novo, investir os 25% do total da arrecadação, mas queremos investir ainda mais porque é uma área fundamental. Criar um programa de reparo e manutenção dos prédios das escolas e da secretaria de educação, melhores acessos às escolas.

O transporte escolar precisa ser qualificado, assim como a merenda escolar, utilizando a agricultora familiar. Ampliação das vagas de educação infantil, escola de tempo integral com um mapeamento pra vermos quais localidades têm maior necessidade.


SEGURANÇA

Precisamos estruturar melhor a nossa guarda municipal, eles são verdadeiros guerreiros que atuam, praticamente, sem estrutura nenhuma. Queremos aramar nossa guarda. Temos cidades que estruturaram melhor suas guardas e tiveram queda muito grande nos índices de criminalidade, certamente vamos ter o retorno.

Investir na ampliação e modernização na nossa sala de videomonitoramento, avançando mais para os bairros e vilas, isso vai nos ajudar especialmente no controle da guarda. Vamos valorizar os servidores, queremos os trabalhadores ao nosso lado, queremos oferecer serviços públicos dignos e de qualidade a população


TRANSPORTE É

um problema que vem de longo tempo na nossa cidade. Ele atinge nossa mobilidade se tivermos qualidade vão deixar seu carro em carro e teremos maior fluidez. Precisamos de um edital que contemple todas as regiões do nosso Município. As vilas e o interior estão reclamando e desassistidos nesse ponto. Por exempli, nas localidades do Arraial, Banhado do Silveira, Povo Novo, há muita reclamação. Precisamos fazer um diálogo com a comunidade e saber quais são anseios. O transporte público de qualidade parte também da infraestrutura das estradas do interior, os ônibus vão chegar no seu tempo, não vão quebrar. Precisamos melhorar isso que vem se alongando, são promessas eleitorais que prejudicam a população.


INFRAESTRUTURA

Se quisermos potencializar o turismo, para termos um desenvolvimento socioeconômico precisamos melhorar nossas estradas do interior. Pavimentação e calçamento das ruas, nós vamos dar prioridades no entorno de escolas e postos médicos para que possamos cumprir a meta de oferecer um serviço público de qualidade.

Nosso balneário precisa ser mais contemplado, é uma área de atração do nosso Município, precisando ser valorizado não só nas ruas, mas em todas as área.


TEMPO LIVRE

Tivemos esse convite para participar deste pleito, estamos construindo nosso projeto de governo em cima do diálogo. Precisamos desenvolver a cidade, trabalhar geração de emprego e renda, já que após esta crise triplicaram o número de famílias em situação de vulnerabilidade. Muitas localidades com problemas, precisamos tornar nossa cidade mais atrativa, precisamos trazer mais investimentos. A desburocratização é o principal passo. Nós vamos criar uma central de empreendedorismo, apoio aos pequenos e médios empresários. Temos muitos com dificuldades, que querem empreender, alguns entram nem sabendo aquilo que virá daqui algum tempo. Nós não queremos que uma empresa abra e depois venha fechar, ela precisa ter uma saúde financeira.

Tornar cidade atrativa para os turistas. Potencialização do turismo o ano inteiro. Potenciar várias localidades que possuem. Dialogar com a cidade vizinha para regionalizarmos o aeroporto facilitando para aquele turista que tem condições. Setor primário precisamos valorizar os pescadores, andar junto com a colônia e com Fórum da Lagoa para elaborar políticas públicas que tragam benefícios. Dar estrutura melhor nos trapiches que já existem e criar, se for o caso. A secretaria precisa dar apoio aos pescadores para que possam tirar suas documentações, ter uma aposentadoria digna. Auxiliar no seguro defeso.

A agricultura familiar precisamos aumentar a parceria para melhorar merenda escolar, melhorar as estradas. Estar ao lado dos produtores ruais dentro da Expofeira, trazer de volta os eventos que trazem a identidade da nossa cidade.

A Festa do Mar é uma necessidade pra promovermos nossa cidade. O Reveillon do Cassino vamos buscar parcerias, não precisamos usar dinheiro público. O setor de hoteis e restaurantes vai querer a presença do turista. O Festival da Capilha parece que teve um e não teve mais, precisamos atrair Turismo para .lá., pro Taim Temos vários modos de turismo: ecológico, rual, balneário, histórico.

O polo industrial, tornar atrativo para investimentos necessários para desenvolvimento do emprego e renda.Quero dizer que colocamos nas mãos de Deus. Que Deus coloque aquela 15 de novembro a pessoa que esteja mais preparada e comprometida com nossa população. Escutarmos melhor a nossa população, tem sido um diferencial da nossa equipe. Somos um partido menor, com poucos recursos, enfrentando de peito aberto fazendo máximo para chegarmos no dia 15, passando pra população o que queremos fazer.


Compartilhe